Capa pets
Voltar

Ajude um animal de rua com simples atitudes

25
set 2018
Ajude um animal de rua com simples atitudes

 

Atualmente não existem dados do número de animais que vivem em condição de rua no Brasil. Acredita-se que hoje 70% de cães e gatos recebam cuidados de uma pessoa ou comunidade, porém moram parcialmente na rua. E que 10% estão totalmente abandonados. Com algumas ações simples você pode melhorar a vida desses animais e se tornar um grande herói para eles. Veja alguma dessas pequenas atitudes que podem transformar vidas:

 

1 – Vacine seu pet

Com a vacinação você pode evitar que várias doenças afetem seu pet e também outros animais;

 

2 – Use as redes sociais

Muitos animais conseguem adoção através do alcance das redes sociais. Por isso, siga as páginas de adoção no facebook, instagram, twitter e compartilhe. Você gastará apenas poucos minutos do seu dia e ajudará muitos animais a encontrarem um lar;

 

3Assine petições a favor dos animais

Chegou no seu e-mail, viu no facebook ou ficou sabendo por um amigo de uma nova petição que protegerá os animais? Entre no site, assine e divulgue entre sua rede de conhecidos;

 

4- Pesquise antes de comprar um animal

Existem milhões de animais disponíveis para adoção. Mas, entendemos que algumas pessoas buscam padrões específicos de uma determinada raça. Nesse momento, o ideal é pesquisar bastante para evitar comprar cães ou gatos de pessoas que exploram animais;

 

5 – Faça doações para ONGs

Felizmente existem muitas instituições sérias, dispostas a ajudar cães e gatos de rua. Mas, elas contam com recursos financeiros baixos e necessitam de doações. Escolha uma ONG e faça doação de dinheiro, ração, remédios e etc;

 

6- Seja um voluntário

Não são apenas coisas materiais que você pode doar, doe também seu tempo. Todas as ONGs precisam de voluntários para diversas tarefas.  Você pode até mesmo contribuir com sua profissão, designers, fotógrafos, psicólogos. Enfim, qualquer ajuda é bem-vinda;

 

7 – Seja um lar temporário

Lares temporários são muito bem-vindos, pois grande parte dos abrigos sofrem com a superlotação. Se você não tem como adotar um animal ou está de passagem em alguma cidade, seja um lar temporário até o cão ou gato encontrar uma família definitiva;

 

8 – Apadrinhe um animal

Algumas pessoas não podem adotar e nem oferecer um lar temporário, mas ainda assim gostariam de ajudar. Para isso, muitas ONGs desenvolveram o “apadrinhamento” que funciona como um anjo da guarda, enquanto o animal ainda não foi adotado. O padrinho irá escolher o animal e contribuir mensalmente com seus gastos, além de visitar e dar carinho. Essa é uma forma de ajudar, principalmente, animais com maior dificuldade de encontrarem uma família;

 

 

9- Castre seu pet

Castrando seu cão ou gato, você vai evitar mais animais no mundo e ainda contribuir para a saúde deles;

 

10- Ajude um bichinho perdido

Nem todo animal foi abandonado, alguns podem estar perdidos de suas casas. Ao encontrar um gato ou cachorro pergunte aos vizinhos, informe nos comércios tire fotos e poste em grupos e comunidades nas redes sociais. Com certeza terá um tutor a procura;

 

ajudeanimaisderua-blog2

 

11- Denuncie maus-tratos

Viu algum animal ser maltratado? Denuncie. Ao presenciar alguma ocorrência ou emergência com animais aja de forma imediata.  Qualquer ato de maus-tratos envolvendo um animal deverá ser denunciado na Delegacia de Polícia. Em casos de flagrante e/ou que a vida e animais esteja em risco, acione a Polícia pelo 190 e aguarde no local até que a situação esteja regularizada. A Lei 9605/98 (Lei de Crimes Ambientais) prevê os maus-tratos como crime de comina as penas. Sempre denuncie os maus tratos. Essa é a melhor maneira de combater os crimes contra animais;

 

12. Adoção responsável

Adote um animal. Bichos de estimação não precisam ser frutos apenas de compra. A adoção de animais abandonados ajuda a combater o comércio ilegal, diminui a exploração econômica de cães e gatos e é uma forma de valorizar a vida. Essa escolha deve vir regada de amor, respeito e responsabilidade.

 

Veja mais no vídeo:

Você já salvou a vida de um pet ou conhece alguém que está sempre por aí ajudando os peludos pelas ruas? Então entre em nosso site Um Herói Pet e conte sua história. Queremos montar a Liga da justiça Pet!

Compartilhar:

Veja também:

Cenoura boa pra cachorro!
Cenoura boa pra cachorro!
Ajude um animal de rua com simples atitudes
Ajude um animal de rua com simples atitudes
CONHEÇA O DOG WALKER
CONHEÇA O DOG WALKER
Anemia em cães: causas, sintomas, tratamento e prevenção
Anemia em cães: causas, sintomas, tratamento e prevenção
Pulgas e carrapatos, se livre desses vilões
Pulgas e carrapatos, se livre desses vilões

Labovet no youtube

Curta nossa página no facebook

Siga-nos no Instagram