Capa pets
Voltar

Comportamento dos gatos se parece com humanos?

20
out 2016
Comportamento dos gatos se parece com humanos?

Você vai ao banheiro e seu gato segue direto para a caixinha. Você se senta para comer e o seu bichano faz o mesmo. Opa! Será que existe alguma coisa errada com este felino? Parece loucura, mas se você é dono de um gato e vem percebendo que seu animal costuma imitar os seus hábitos, acredite, você pode estar certo!

Um estudo de 2013 conduzido pela Faculdade de Veterinária de Messina, na Itália, comprovou que gatos que convivem com seus donos acabam, mesmo, imitando os seus hábitos. A pesquisa avaliou dois grupos de gatos. O primeiro grupo vivia completamente dentro de casa, na companhia de seus donos, e o outro grupo de gatos que tinham acesso ao ambiente externo e eram mantidos fora de casa durante a noite.  Como resultado, os pesquisadores verificaram que o grupo mantido sempre em casa acabava adaptando seu comportamento felino ao de seus donos.  Isso significa que, na maioria dos casos, os felinos dormiam, comiam, adotavam o mesmo ritmo de atividades e até usavam o toalete ao mesmo tempo!

Para os veterinários italianos, a pesquisa trouxe um dado interessante, comprovando que, para o comportamento felino, o ambiente é um fator até mais significativo do que a personalidade.

Laços ancestrais

Muitos acreditam que essa adaptação do comportamento felino aos hábitos humanos se deve ao longo tempo de convivência. A relação entre gatos e humanos é milenar e historiadores já encontraram indícios de que esse vínculo já dura há mais de nove mil anos!

Os laços ancestrais são a primeira hipótese para explicar que os gatos, além de demonstrarem tanta sensibilidade aos donos, chegaram até a desenvolver formas específicas de comunicação.

Hoje, um a cada três donos desse bichano tem convicções de que seus bichos compreendem exatamente aquilo que dizem ou sentem. E, ao que tudo indica, parece que eles não estão errados!

Gato mia

E, por falar em compreensão, por acaso você já reparou que, raramente, os gatos miam uns para os outros, no entanto, sempre o fazem para os seus donos? Pois é, o miado tem como principal objetivo a comunicação com o dono e é uma forma que os gatos encontraram para se comunicar, seja chamando a atenção, pedindo carinho ou comida.

A forma dos gatos miarem para os humanos é tão intrigante que uma estudiosa, a ecologista comportamental Karen Mc Comb, descobriu em sua pesquisa que pessoas, de forma inconsciente, conseguem identificar o pedido por trás de um miado.

No estudo, Karen concluiu que o miado que solicita algo, como comida ou afeto, por exemplo, se assemelha muito ao choro de um bebê humano. Essa foi a alternativa que os gatos encontraram para ir direto ao nosso inconsciente, fazendo com que não deixem de ser alimentados! Afinal, quem deixaria um bebê passando fome, não é mesmo?

Na era da tecnologia

gato-tabletO comportamento felino é tão parecido com o dos humanos que os bichanos também se divertem com joguinhos no tablet. Alguns aplicativos já foram desenvolvidos especialmente para gatos e, segundo os usuários, são uma excelente ferramenta para fazer com que os felinos se mantenham mais ativos e equilibrados, especialmente no caso de gatos que vivem em apartamento.

“Magic Piano”, “Paint for Cats” e “Game for cats” são uns dos aplicativos que fazem sucesso entre os felinos. Além disso, existe um serviço por assinatura de programação audiovisual especialmente para eles, a easeTV. Eles estimulam tanto a parte física quanto mental dos bichanos, e trazem mais atividade para um dia a dia que poderia ser apenas monótono, dentro de um apartamento.

Quem já baixou esses apps garante que seu gato não riscará a tela com as unhas. Então, não seja egoísta e empreste um pouco o seu tablet para que o bichano tenha alguns momentos a mais de diversão!

Gostou desse post? Você acredita que o comportamento felino segue o dos seus donos? Conte para nós nos comentários como é a relação com seu bichano!

 

Veja também:

Obesidade em Cães e Gatos: saiba como evitar esse problema
Obesidade em Cães e Gatos: saiba como evitar esse problema
Geriatria pet: cuidados com animais idosos
Geriatria pet: cuidados com animais idosos
6 apps para gatos se divertirem
6 apps para gatos se divertirem
Raiva em gatos: conheça os sintomas e cuidados com essa doença
Raiva em gatos: conheça os sintomas e cuidados com essa doença
Rio de Janeiro enfrenta epidemia de Esporotricose
Rio de Janeiro enfrenta epidemia de Esporotricose

Labovet no youtube

Curta nossa página no facebook

Siga-nos no Instagram