Capa pets
Voltar

Geriatria pet: cuidados com animais idosos

24
jun 2017
Geriatria pet: cuidados com animais idosos

A melhoria na qualidade da alimentação e nos cuidados com a saúde, somados ao desenvolvimento da indústria veterinária, fazem com que os pets vivam muito mais hoje do que antigamente.

Como consequência dessa maior longevidade, donos e veterinários estão aprendendo a lidar com novas situações relacionadas ao comportamento e também à saúde dos bichinhos. Por exemplo, o velho padrão de que 7 anos humanos correspondem a 1 ano do seu pet já se tornou algo ultrapassado nos dias de hoje. Da mesma forma, achar que pets idosos possuem necessariamente limitações também é uma ideia bastante equivocada.

Assim como os humanos, os bichinhos podem ter uma excelente saúde física e mental e, mesmo assim, ser considerados idosos.

Para saber mais sobre quando considerar seu pet como idoso e quais cuidados você deve ter com ele, confira o post de hoje!

 

Como saber se seu pet é idoso?

O que define se o seu cãozinho ou gatinho é idoso não é somente a idade. Fatores como o tipo do animal, a raça e o porte podem influenciar bastante nessa avaliação. Especialistas consideram que um cão de pequeno porte, por exemplo, é considerado idoso a partir dos 12 anos de idade. Já cães de grande porte, com 6 a 8 anos já podem ser tratados como cães na terceira idade.Os gatos com 7 a 10 anos são vistos como felinos velhinhos, porém, isso pode variar caso o gatinho tenha acesso à ambientes externos ou não.

Tanto nos cães como nos gatos, a terceira idade corresponde a, aproximadamente, 55 anos dos seres humanos. Hoje, portanto, para classificar o animal, vale mais avaliar fatores como a individualidade do pet, porte, ambiente em que vive e a nutrição.

 

Sinais da idade

geriatria-pet-interna

Embora eles não tenham rugas, os pelos mais esbranquiçados e as dificuldades na hora de se levantar e se locomover, além das para subir em móveis e escadas, são alguns sinais de que eu pet já é um velhinho.

Pets idosos também podem demonstrar falta de interesse e motivação em determinadas atividades, que antes os entusiasmava, tais como o passeio ou mesmo as brincadeiras. A respiração mais ofegante também é uma marca dos animaizinhos mais velhinhos.

Estes são os principais sinais, porém isso não significa que a mudança de comportamento seja apenas uma questão de idade. Sempre que seu animal apresentar sintomas diferentes do habitual, o ideal é buscar um veterinário.

Mudanças repentinas devem ser sempre avaliadas com cautela por um profissional. Por isso, caso seu bichinho apresente perda de peso, falta de apetite, aumento do apetite sem ganho de peso, diarreias e vômitos, tosse, aumento da sede e frequência com que faz xixi, é importante fazer uma consulta.

 

Cuidados com seu pet velhinho

Algumas doenças tendem a aparecer com o avanço da idade. Artrite, diabetes, câncer, problemas no fígado e tireoide, doenças renais e cardíacas, obesidade e perda da visão são as mais comuns.

Por isso, o ideal é promover um check up a cada pelo menos 6 meses, quando seu cãozinho ficar idoso. Além disso, alguns cuidados são essenciais para garantir a saúde. Manter uma alimentação balanceada e o controle de vacinação são o primeiro passo. O  controle de parasitas deve ser feito com mais atenção, já que o sistema imunológico dos pets idosos costuma ser mais frágil.

Por fim, procure estimular a mobilidade e as brincadeiras, sempre respeitando as limitações. Isso faz com que os cães se mantenham ativos física e psicologicamente, retardando o processo de senilidade.

Cães e gatos idosos também precisam de atenção e carinho, por isso, não deixe seu amigão de lado apenas porque ele parece menos entusiasmado. A velhice é uma fase especial, e com os pets isso não é diferente.

Você tem um pet idoso? Quais os cuidados você toma com ele? Saiba mais cuidados sobre os cães idosos clicando aqui!

Veja também:

Obesidade em Cães e Gatos: saiba como evitar esse problema
Obesidade em Cães e Gatos: saiba como evitar esse problema
Esporte Canino – Flyball
Esporte Canino – Flyball
Cães estressados – Conheça alguns sintomas
Cães estressados – Conheça alguns sintomas
Bebê a caminho? Cachorros e gravidez
Bebê a caminho? Cachorros e gravidez
Geriatria pet: cuidados com animais idosos
Geriatria pet: cuidados com animais idosos

Labovet no youtube

Curta nossa página no facebook

Siga-nos no Instagram