banner-pet
Come back

Atitudes que seu cão está pedindo socorro!

17
Oct 2016
Atitudes que seu cão está pedindo socorro!

Eles não falam nossa língua, por isso, nem sempre é fácil saber quando algo não vai bem com o seu amigão de quatro patas. Boa parte dos tutores só se dá conta de que seu cachorro está pedindo socorro depois de perceber que ele está há vários dias sem comer. Não saber identificar os sinais de alerta pode agravar ainda mais o problema e prejudicar a saúde animal.

Assim como nos humanos, um diagnóstico precoce favorece o tratamento e evita que seu pet sofra em silêncio. Por isso, é super importante estar atento a alguns sinais! Além de sintomas genéricos, como a falta de apetite, de ânimo e o tremor, outras atitudes podem indicar que seu cão está te pedindo socorro! Para ajudar você a entender esses sinais, confira o post que preparamos!

Respiração ofegante

Se o seu amigão está ofegante sem razão aparente, ou seja, sem praticar nenhuma atividade intensa, algo pode estar errado. A respiração ofegante é, também, um indicativo de dor e o ideal é prestar atenção e consultar o veterinário.

Esfregar a pata no rosto

Se o seu cachorro fica continuamente esfregando a pata, como se estivesse coçando o focinho, ele pode estar com algum problema nos olhos. Esse é o principal sinal de cães que estão com uma conjuntivite.

A atitude de esfregar as patas no focinho também pode ser sinal de excesso de tártaro ou dores de dente, e, aqui, a visita ao veterinário também é super indicada. Nos casos mais graves, esse sinal também pode indicar a presença de tumores na boca ou garganta.

Tossir ou engasgar

Muitos donos acham que, ao tossir, o seu cão está se engasgando, mas, às vezes, pode ser apenas tosse. Se ela for frequente, é melhor prestar atenção, pois pode ser que seu amigão esteja com uma gripe canina, ou até uma bronquite!

A gripe canina é causada por um vírus (H3N8) que não afeta humanos, mas se transmite entre cães. A doença que é mais comum em períodos de clima frio e seco e em locais onde existe uma concentração maior de animais, como hotéis e canis, por exemplo. Um cão gripado, além de tossir de forma persistente, também apresenta coriza, espirros e febre. Para evitar a doença, o ideal é manter seu animal vacinado regularmente. Caso seu pet fique doente, busque o veterinário para que ele possa ser medicado da melhor forma.

A tosse do cão também pode indicar uma bronquite, que pode ter origem alérgica ou mesmo genética. Por se tratar de uma doença crônica, o veterinário deve prescrever bronco dilatadores ou anti-histamínicos.

Se o seu pet já conta com certa idade e é de pequeno porte, a tosse também pode ser indício de um colapso de traqueia, quando ocorre um estreitamento das vias respiratórias causadas pela flacidez.

A doença cardíaca em cães também tem como sintoma a tosse, por isso, é importante ficar de olho! A tosse também é um pedido de socorro.

Lamber partes do corpo

De modo geral, os cães lambem suas feridas, o que deve ser evitado para que não ocorra uma infecção. Porém, se não existem machucados, lambidas de forma excessiva em uma mesma parte do corpo podem indicar alergia, dermatite e até dores na região.

Caso seu animalzinho não pare de se lamber, é melhor agendar uma consulta com o veterinário.

Mancar

Se o seu cão está mostrando dificuldade para andar e está mancando, esse é outro sinal de alerta. Mancar pode significar dores nas articulações, distensão muscular, ligamento rompido, lesões e até ossos quebrados. Cães que evitam subir escadas ou subir no sofá também podem estar com problemas.

Salivar de modo excessivo

Caso seu pet esteja babando demais, ele pode estar com algum problema no estômago ou ainda com náusea. Em casos mais extremos, este é um dos principais sintomas do inchaço estomacal, que deve ser medicado com urgência.

Esses são apenas alguns dos sintomas que devem ser interpretados como pedidos de socorro! Além dessas, qualquer mudança de comportamento deve ser observada e, na dúvida, consulte sempre o veterinário!

Quais são os sinais que seu amigão demonstra estar pedindo socorro e que chamam a sua atenção? Conte para gente pelos comentários. 

Veja também:

Obesidade em Cães e Gatos: saiba como evitar esse problema
Obesidade em Cães e Gatos: saiba como evitar esse problema
Cães estressados – Conheça alguns sintomas
Cães estressados – Conheça alguns sintomas
Bebê a caminho? Cachorros e gravidez
Bebê a caminho? Cachorros e gravidez
Como lidar com a ansiedade da separação
Como lidar com a ansiedade da separação
Otite Canina – Tratamento e prevenção
Otite Canina – Tratamento e prevenção

Labovet on youtube

Like our page facebook

Follow us Instagram