Blog Pet

Voltar

GATOS – CARACTERÍSTICAS E CUIDADOS

2020-05-18 16:23:01
Labovet
30
mar2019
gatoscuidados-blog

Gatos são bichos de estimação com comportamentos e personalidades singulares. Eles são tranquilos, mas bastante curiosos, tentam explorar ao máximo o território onde vivem. É por isso que existem alguns cuidados especiais para quem tem gatos ou pretende ter, a fim de proporcionar uma vida segura e de qualidade para eles. A expectativa média de vida de um gato é de 12 a 15 anos, mas criado de forma ideal, pode chegar a viver até 30 anos.

Vamos entender as principais características dos gatos e os cuidados necessários:

Características

Gatos não são como os cães, o comportamento das duas espécies é completamente diferente e possuem cada uma sua particularidade.

O gato é um felino carnívoro e existem cerca de 50 raças de gatos domésticos no mundo, porém 80% pertencem à raça comum europeia, com variações na cor vermelha, preta, branca, bicolor e tricolor.

Quanto à escolha do sexo, machos e fêmeas têm as mesmas características, apesar dos machos serem mais independentes, a castração atenua as diferenças.

Eles adoram janelas e sacadas, se viverem em apartamento precisarão de telas e cuidado extra.

Outra característica importante dos felinos é seu gosto por passeios longos, a possibilidade de se distanciarem sem os tutores pode resultar em doenças, acidentes, maus-tratos por terceiros e até mesmo morte.

Os gatos possuem o hábito de enterrarem as próprias fezes, sendo assim, aquela caixinha de areia destinada às suas necessidades é indispensável e precisa serem limpas diariamente.

Eles também adoram arranhar as patinhas, por essa razão, quem tem gatos deve ter como item essencial um arranhador, evitando que usem os móveis de casa.

Os gatos não têm carrapatos, mas têm pulgas. Para eliminá-las é necessário o uso de produtos específicos neles e na área onde costumam ficar.

Saúde

Os felinos têm tendências a uma série de complicações específicas ao longo de suas vidas. As doenças de gatos mais habituais somam problemas bastante incômodos, que devem ser prevenidos e tratados de maneira adequada. São as mais comuns:

– Doenças relacionadas às funções respiratórias
– Insuficiência renal crônica,
– Doenças no trato urinário,
– Verminoses,
– Retroviroses,
– Micoplasmoses,
– Intoxicações,
– Inflamações intestinais,
– Linfomas alimentares
– Hepatopatias

Castração

A castração traz muitos benefícios para os gatos. Grande parte das viroses são transmitidas sexualmente ou através do sangue. A contaminação acontece nas brigas ou acasalamentos, com a perda do interesse sexual, os gatos acabam se afastando de brigas, que geralmente acontecem por disputa entre parceiros.

Outra vantagem é que uma fêmea castrada entre os seis e oito meses de idade diminui em quase 100% a chance de contrair tumores mamários, além de evitar tumores uterinos, infecções e problemas de diabetes. É melhor castrar os machos com cerca de um ano de idade, para permitir o desenvolvimento sexual e evitar futuros problemas na uretra.

Vermifugação e vacinas

A vermifugação e a vacinação são fundamentais para garantir a saúde e o bem-estar dos nossos pets. A vermifugação dos gatos, normalmente segue as seguintes etapas: é dada a primeira dose de vermífugo nos primeiros 30 dias de vida e a segunda dose aos 45 dias. Com 60 dias os gatos recebem a terceira e última dose, fechando o ciclo. Até os 6 meses de idade é indicado administrar vermífugo uma vez ao mês, e após pode-se oferecer a cada 3 meses ou a cada 6 meses.

Quanto a vacinação, os animais devem ser imunizados antes de terem contato com outros gatos adultos ou filhotes. Para ser vacinado, o animal deve estar saudável, sem febre ou diarreia, e previamente vermifugado. Segue o esquema vacinal:

Você tem um gato de estimação? Toma todos os cuidados com ele? Continue acompanhando nosso blog e seguindo nossas dicas!