Capa Grandes Animais
Voltar

7 erros comuns na hora de fazer o pedilúvio

5
dez 2018
7 erros comuns na hora de fazer o pedilúvio
pedilúvio é uma caixa onde se coloca a solução desinfetante para que o animal pise no local e desinfete o casco e a pele próxima dele. No Brasil a mais comum é a de passagem, onde os animais seguem em fila passando por duas caixas, uma contendo desinfetante e a outra água. Ao entrar na caixa, ficam parados por volta de 5 minutos para que a solução possa fazer efeito.
pediluvio7erros-blog2
Apesar de ser um procedimento simples, existem alguns erros cometidos pelos produtores que podem comprometer o resultado. Confira:

1) Não utilizar a caixa no tamanho correto

O ideal é que a caixa tenha um pouco mais de dois metros de comprimento, para que o animal dê no mínimo 2 passos na solução desinfetante.
 
2) Não obedecer a diluição correta do produto

Siga corretamente as instruções do produto utilizado. No caso do nosso N.P.T, você irá utilizar 1 litro do produto para 19 litros de água limpa.

 
3) Forma incorreta da profundidade

pedilúvio deve cobrir até a sobreunha do animal, a parte acima do casco, pois toda essa parte está sujeita à lesões, sendo indicado no caso o uso de aproximadamente 15 centímetros.
 
4) Ultrapassar a quantidade de animais na travessia
O indicado seria seguir a proporção de 130 animais para 200 litros. Caso ultrapasse esse número, ocorrerá o acumulo de sujeira e a solução perde a eficácia.
 
5) Não limpar os cascos antes do pedilúvio
É conveniente que ao entrar no pedilúvio, os animais tenham as patas limpas, o que favorece a ação do produto. Em rebanho muito infectado é aconselhável a higiene dos cascos (corte e remoção dos tecidos necrosados).

6) Não efetuar a limpeza com frequência

Para animais em piquetes, uma vez por semana. Para animais em confinamento, deve ser feito 3 vezes por semana.

7) Usar o pedilúvio para tratar lesões
Esse procedimento é para prevenir lesões. Caso seu animal esteja lesionado o ideal é tratar antes de fazer o pedilúvio, pois ele pode atrasar a cicatrização.

Seguindo estes passos corretamente, é possível prevenir a dermatite digital e várias outras lesões em seu rebanho. Conheça o nosso N.P.T e previna-se: http://labovet.com.br/produtos/n-p-t/

Compartilhar:

Veja também:

7 erros comuns na hora de fazer o pedilúvio
7 erros comuns na hora de fazer o pedilúvio
Sintomas de um cavalo estressado
Sintomas de um cavalo estressado
SAIBA COMO MANTER A PELAGEM DO SEU CAVALO BONITA E SAUDÁVEL
SAIBA COMO MANTER A PELAGEM DO SEU CAVALO BONITA E SAUDÁVEL
As 10 raças de cavalos mais caras do mundo
As 10 raças de cavalos mais caras do mundo
Labovet contra Encefalomielite Equina na América Central
Labovet contra Encefalomielite Equina na América Central

Labovet no youtube

Curta nossa página no facebook

Siga-nos no Instagram