banner-pet
Come back

Otite Canina – Tratamento e prevenção

14
Mar 2017
Otite Canina – Tratamento e prevenção

A otite é uma infecção no ouvido muito comum nos cães. Algumas raças apresentam otite canina com mais frequência como Golden Retriver, Basset, Hound, Cocker Spaniel, Dachshund, Setter Irlandês e Labrador por possuírem orelhas maiores. Porém, é importante ressaltar que qualquer raça está sujeita ao aparecimento dessa complicação, nem só os cães com orelhas grandes e caídas podem ser acometidos. A otite afeta diferentes partes da região auricular. De acordo com o local específico prejudicado pode-se dividir em otite externa, otite média e otite interna. Essa doença pode ser ocasionada por bactérias, fungos, parasitas, produção excessiva de cera, predisposição genética ou ainda outros fatores.

 

Sintomas

Dentre os principais sintomas da otite se destacam a coceira intensa, dor e choro ao coçar, cheiro forte no ouvido, excesso de cerúmen (cera), balançar demais a cabeça de um lado para outro, perda de audição, vermelhidão ou escurecimento na região do ouvido, além da perda de apetite, que ocorre devido à dor que o cachorro sente. Leve seu cachorro imediatamente ao veterinário ao observar esses sintomas. O médico veterinário fará o diagnóstico preciso para evitar complicações futuras.

 

Tratamento

O tratamento da otite canina irá decorrer de acordo com a origem e nível de desenvolvimento da inflamação no ouvido do cão. Em alguns casos, a realização de uma limpeza profunda já pode trazer melhorias ao problema, mas dependendo do agente causador, medicamentos como antibióticos e anti-inflamatórios podem ser receitados. O grau de desconforto do cachorro pode ser tão grande que será necessário o uso de analgésicos ou em casos mais graves a sedação. O importante é fazer a administração do medicamento sempre da melhor forma possível, sem causar traumas ao animal.

 

Prevenção

otite-blog2Para prevenir a otite canina, mantenha a higiene das orelhas e ouvidos do seu pet em dia. Você pode aplicar algumas gotas no canal auditivo de Etimag Oto Clean, seguida pela administração do Etimag Oto Septic semanalmente ou a cada dez dias. Caso exista muitos pelos na região, uma tosa higiênica pode ser indicada, evitando assim o acúmulo de sujeira. Outra medida importante é sempre enxugar as orelhas do cão quando forem molhadas, já que a umidade na região forma um ambiente extremamente propício para o surgimento do problema. Ao observar a inflamação os donos nunca devem dar medicamentos por conta própria, a otite canina pode se complicar levando a quadros graves como alterações de equilíbrio ou até doenças neurológicas. Por isso leve sempre seu amiguinho ao veterinário e realize corretamente o tratamento prescrito.

Veja também o vídeo e aprenda como fazer a prevenção:

Quer saber sobre mais cuidados especiais com seu amigão de quatro patas? Então confira algumas dicas e cuidados especiais com cães idosos e até a próxima.

Veja também:

Cães estressados – Conheça alguns sintomas
Cães estressados – Conheça alguns sintomas
Bebê a caminho? Cachorros e gravidez
Bebê a caminho? Cachorros e gravidez
Como lidar com a ansiedade da separação
Como lidar com a ansiedade da separação
Otite Canina – Tratamento e prevenção
Otite Canina – Tratamento e prevenção
Vacine seu cãozinho com Elevencell
Vacine seu cãozinho com Elevencell

Labovet on youtube

Like our page facebook

Follow us Instagram